COMO ABRIR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO MESMO QUE VOCÊ SEJA INICIANTE OU NUNCA TENHA PENSADO NISSO

Como abrir um negócio com pouco dinheiro, começando do zero?

A pergunta de um milhão de dólares!

Digo, de mil reais, já que a proposta é que seja com pouco dinheiro😁.

Bolsos vazios representam o desafio de como abrir um negócio com pouco dinheiro

Brincadeiras à parte, abrir um negócio com pouco dinheiro é possível, desde que haja a combinação de uma boa ideia, uma demanda real e “gordura em potencial”.

O termo “gordura em potencial” quer dizer lucratividade interessante, para que o negócio faça sentido para o pequeno empreendedor.

E um outro detalhe muito importante:

A fórmula básica e essencial de qualquer negócio precisa estar presente desde o princípio:

L= R – C (Lucro = Receita – Custos)

Quanto maior for o R de receita e quanto menor for o C de custos, mais L de Lucro ou “gordura” vai sobrar para o dono do negócio.

Entendido esse princípio quero te contar algo surpreendente; acredite se quiser, há muitos empresários experientes que se perdem nesta fórmula básica no dia-a-dia de seu negócio.

É preciso se atentar para um problema que é muito comum para os principiantes:

Pode ser difícil abrir um negócio com pouco dinheiro, pela dificuldade de enxergar oportunidades viáveis.

Então é nisso que pretendo focar neste artigo, que já começa listando os tópicos que serão abordados (para ir direto para algum deles basta clicar abaixo):

CRENÇAS E LIMITAÇÕES DE QUEM AINDA NÃO SABE COMO COMEÇAR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO

Crenças erradas de como abrir um negócio com pouco dinheiro

Pessoas que nunca empreenderam costumam se deparar com barreiras geradas por crenças internas e externas, que acabam desencorajando a abertura de um primeiro negócio.

São elas o medo, as oportunidades “ocultas” e investimento além das possibilidades.

Siga adiante para entender melhor.

Medo

Pessoa com medo por não saber como abrir um negócio com pouco dinheiro

O medo é a primeira barreira mais citada pelos candidatos a empreendedor, talvez a mais difícil de vencer.

Sabemos que há valores culturais a respeito do trabalho, profundamente incorporados na cultura brasileira, especialmente na classe média.

Estes valores são segurança, estabilidade e “garantia”, três princípios universais totalmente contrários ao fator risco que envolve a criação de um negócio.

Sabemos também que tais fatores têm sido cada vez menos alcançáveis no mundo do trabalho, pelas mudanças nas políticas públicas que provavelmente afetarão ainda mais os servidores públicos, os trabalhadores de empresas privadas e até mesmo os autônomos.

Já ouvi muitas pessoas dizerem que têm muita vontade de abrir um negócio próprio, mas que o medo é paralisante.

A raiz desse medo está nas crenças construídas ao longo várias gerações e no desconhecimento da ciência do empreendedorismo, que poderia e deveria ser ensinado na escola.

Oportunidades “ocultas”

Homem acessando porta iluminada mostra oportunidade de como abrir um negócio com pouco dinheiro

Seja onde for, há muita oportunidade de negócio no nosso país.

Fora algumas raras exceções (que não tornam nada impossível), praticamente em todo lugar há oportunidade para empreender, até mesmo em cidade pequena.

Mesmo assim é comum as pessoas terem dificuldade de enxergar um problema como oportunidade.

É como se as oportunidades estivessem “invisíveis”, “ocultas” no campo de visão de algumas pessoas.

Quando a mentalidade coletiva é criada para “correr dos riscos” ao invés de correr risco, o resultado não poderia ser diferente.

Ideias de negócio preferem ambientes criativos.

Investimento inicial baixo, mas além das possibilidades

Poucas moedas empilhadas mostra como abrir um negócio com pouco dinheiro

No mercado brasileiro vemos muitas ofertas de negócios com baixo investimento inicial.

No entanto, o orçamento necessário “foge” das possibilidades de muitos interessados.

Há também negócios com investimentos iniciais baixíssimos, mas por endividamento ou outros fatores financeiros, acaba complicando para assumir o risco e uma nova dívida, mesmo que pequena.

Para estes casos há uma saída; montar um negócio que se baseie apenas na venda de algum conhecimento que seja de real domínio do empreendedor.

Por exemplo, algum tipo de instrução, orientação, consultoria, aula, coaching, adestramento, tutoria, acompanhamento ou outro tipo de negócio em que a matéria prima seja realmente muito barata.

PORQUE RISCO, OPORTUNIDADES OCULTAS E INVESTIMENTO INICIAL ALÉM DAS POSSIBILIDADES BLOQUEIAM TANTA GENTE

Homem calculando riscos de como abrir um negócio com pouco dinheiro

A pergunta que pouca gente se faz é:

Porque estas 3 barreiras atrapalham tanta gente no Brasil?

Resposta:

A ausência de educação empreendedora limita a visão das pessoas para boas oportunidades que existem em todo lugar, não só no âmbito profissional, mas também na vida pessoal.

Com isso as pessoas acabam travando sua própria vida (veja vídeo que gravei sobre esse assunto no canal do meu método de desenvolvimento pessoal).

Se você já leu outros artigos aqui do site, sabe que acredito piamente na força dos métodos.

E mais uma vez digo que para mudar essa realidade é preciso seguir um método que ajude a identificar, criar e validar um pequeno negócio iniciante.

O ESQUEMA PARA SABER COMO ABRIR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO

Moedas prensadas representam o desafio de como abrir um negócio com pouco dinheiro

Agora vou mostrar um método esquemático que já usei nos meus primeiros passos, para que você que está lendo esse texto e tem vontade de saber como abrir um negócio com pouco dinheiro.

Siga as etapas com rigor que você entrará naturalmente num caminho orientado.

Etapa 1 – Responda a 3 perguntas

Questões importantes para saber como abrir um negócio com pouco dinheiro

Estas 3 perguntas lhe ajudarão a enxergar potenciais, que porventura você já tem e que podem ser a “matéria-prima” para começar.

  1. O que você sabe fazer?
  2. Você tem algum hobby ou paixão que gostaria de transformar num negócio?
  3. Quais são seus interesses pessoais genuínos?

Como nosso pressuposto inicial aqui é começar com pouco dinheiro, é um excelente caminho adotar como base para empreender um conhecimento ou paixão já existente.

Só não se esqueça de que é importante saber se o mercado tem necessidade ou desejo de comprar produtos relacionados ao que você pretende criar.

Um negócio sem clientes jamais se manterá como negócio.

Etapa 2 – Identifique demandas e pense se você pode atendê-las

Imagem de clientes do mercado mostrando como abrir um negócio com pouco dinheiro

Tendo a resposta de uma ou mais das 3 perguntas acima você saberá qual é a “sua praia”, ou seja, o que você tem real interesse e sabe fazer.

Mas para saber como abrir um negócio com pouco dinheiro e saber se o mercado tem interesse em possíveis soluções, serviços ou produtos relacionados aos seus interesses e competências, entram duas variáveis que sempre menciono; os incômodos e os desejos das pessoas ou das empresas.

Basicamente você tem que descobrir se existe alguém (um grupo de pessoas ou um grupo de empresas) com algum problema que gera incômodos que o seu talento e o seu conhecimento possam resolver.

Pode ser também que seu saber seja mais adequado para realizar sonhos (ao invés de resolver incômodos) de algum grupo de pessoas ou empresas.

Mas para isso é preciso saber quais são os sonhos ou desejos do seu público-alvo.

Recomendo que você comece com uma pesquisa informal baseada apenas em observações ou conversas.

Pode ser que você até já tenha uma percepção disso, pois talvez nesse momento em que está lendo você já tenha estas respostas relacionadas à sua área.

Você também pode e deve utilizar o próprio Google e algumas ferramentas da internet que serão extremamente úteis para sua pesquisa (aprenda detalhadamente como usar tais ferramentas de internet nesse artigo sobre como vender serviços).

Etapa 3 – Quantifique qual é o exato valor em R$ necessário para começar seu negócio

Porquinho representa economia para saber como abrir um negócio com pouco dinheiro

Quantificar qual é o valor necessário para abrir o seu negócio pode ser simples ou mais trabalhoso dependendo de cada caso.

Se você pretende ser por exemplo um instrutor de algo, como autônomo ou como microempreendedor individual, certamente será mais simples do que se você for montar uma loja de bolos artesanais, já que a loja exige um imóvel, além de outros custos para a fabricação dos bolos.

Para ter uma estimativa mais precisa, faça uma pesquisa realista dos preços das matérias primas se for o caso.

Ou se o negócio for baseado em puro conhecimento, verifique o que é preciso comprar de material e os possíveis custos com formalização (por exemplo, contabilidade, abertura de conta, registros, etc.)

Recomendo que faça uma planilha utilizando o Excel, que sua estimativa ficará bem mais organizada.

Veja o exemplo abaixo:

Planilha como abrir um negócio com pouco dinheiro

Fiz um modelo desta planilha para facilitar seu trabalho de estimar os custos e facilitar sua tarefa de saber como abrir um negócio com pouco dinheiro.

Clique no botão para baixá-la e começar a projetar seu negócio agora mesmo:

Etapa 4 – Crie uma versão de teste da sua ideia (Validação)

Pesquisadora num laboratório representa testes de como abrir um negócio com pouco dinheiro

Um dos maiores e mais cometidos erros na criação de um negócio é acreditar na própria opinião sobre o mercado ou em afirmações de terceiros baseadas em “achismos”, “certezas absolutas” e coisas do tipo.

Já vi muita gente “quebrar a cara” quando a realidade, os fatos, a força de trabalho e principalmente os clientes mostraram uma outra versão das “certezas absolutas”, que eram inquestionáveis tempos atrás.

Então a melhor coisa que você pode fazer antes de efetivar a abertura de um negócio, seja com pouco ou com muito dinheiro é testá-lo.

E ainda assim uma coisa precisa ficar muito clara:

UMA VERDADE FATAL SOBRE COMO ABRIR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO
Por incrível que pareça, pesquisas de mercado ou testes de validação não eliminam o risco de um negócio; apenas diminuem a sensação de incerteza.

Essa é uma verdade encontrada em poucas fontes e inconveniente para muitos egos que desejam se afirmar como gurus capazes de prever o futuro.

Não acredite nestas falácias.

Não existe empresa feita para durar.

Não existe negócio imbatível.

Não existe certeza absoluta.

E por último, como muito bem ensina Steve Blank, um dos maiores professores de negócios do mundo, qualquer coisa que você sabe sobre uma empresa antes do mercado testá-la é pura alucinação.

Estando ciente disso agora vou dar um exemplo de como testar e validar um negócio.

O TESTE QUE VOCÊ PRECISA FAZER ANTES DE QUALQUER COISA PARA SABER COMO ABRIR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO 

Imagine que você pretende abrir uma cafeteria diferenciada com cafés e “quitutes” incomuns.

Há uma série de fatores que definem o sucesso ou o fracasso desta cafeteria.

Falando bem resumidamente:

  • Os 4 P´s do Marketing (Produto, Preço, Promoção, Ponto-de-venda)
  • Concorrência
  • Capital de giro
  • Modelo de negócio
  • Gestão
  • Desempenho do atendimento
  • Desempenho dos funcionários (caso haja)

De todos esses fatores, é possível utilizar alguns para testar um negócio, como por exemplo, algumas variáveis dos 4 P´s, como o Produto (explicação logo abaixo), o Preço (vendendo uma versão Beta e produzindo poucas unidades de uma versão aprimorada para venda e teste de preços) e algumas variáveis da Promoção (criando poucas peças impressas com telefones de contato contidos apenas nestas peças para teste de conversão, por exemplo, um número de WhatsApp e/ou criando uma página com uma oferta e ver quantas pessoas entram em contato se mostrando interessadas ou a conversão do “produto” na página virtual – na verdade o produto ainda não existe).

Uma vez que se percebe um interesse do público neste “produto” é preciso simular a utilização deste produto com o máximo de realismo.

Pensando nesta cafeteria, com cafés e quitutes diferenciados, a melhor forma de testar o produto em si é servindo os produtos em alguma situação similar ao ambiente da cafeteria.

É possível criar essa situação de teste ou validação de duas formas:

  1. Realizando um pequeno evento, se possível num ambiente de cafeteria “emprestado” ou;
  2. Servindo o café (sem cobrar nada e esse será o investimento do teste) em algum evento que tenha um número limitado de pessoas que têm as mesmas características do público-alvo da cafeteria ou do negócio que você pretende abrir.

O objetivo é observar a reação das pessoas aos produtos, ao atendimento e à percepção de valor.

É importantíssimo que o público jamais saiba que está participando de um teste para que o o comportamento seja natural e as reações também.

Resumindo, o que se busca é a simulação do negócio sem ter que montar o negócio “às cegas” ou gastar “rios de dinheiro” divulgando algo que não se mostra sustentável.

Depois que o produto for testado, também é possível experimentar diferentes modelos de negócio usando a Tela do Modelo de Negócios (Baixe aqui o modelo e responda às perguntas usando post it) e mostrar esses diferentes modelos para clientes em potencial, parceiros, influenciadores.

Mas as demais variáveis como concorrência, desempenho do atendimento, desempenho dos funcionários, gestão e a eficiência do capital de giro não podem ser efetivamente testadas.

É possível estimar o capital de giro, mas não é possível assegurar se ele será realmente suficiente no caso de imprevistos e surpresas depois que a empresa for aberta.

COMO ABRIR UM NEGÓCIO COM POUCO DINHEIRO – A CONCLUSÃO

Figura representando crescimento financeiro para saber como abrir um negócio com pouco dinheiro

Muitas pessoas querem saber como abrir um negócio com pouco dinheiro.

A prova disso é que as pesquisas desse assunto no Google têm um número elevado de buscas e esse foi um dos motivos que me levou a escrever esse artigo para você.

Abrir um pequeno negócio pode ser uma grande transformação de vida, tanto pela autonomia, quanto pelo aprendizado.

Parafraseando meu colega Walter Longo que também foi palestrante da Feira do Empreendedor 2017 em Porto Velho, “o que importa não é o tamanho da empresa, mas o tamanho da visão”.

Siga o método e ouça sua intuição mesmo tempo.

Os melhores negócios para abrir com pouco dinheiro são aqueles que fazem sentido para o público e para você ao mesmo tempo.

Ciência a serviço da arte e arte a serviço da ciência.

Sucesso e deixe suas dúvidas nos comentários que te respondo!

A gente se vê no Eventos pelo Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *