6 LADRÕES DE SONHOS E REALIZAÇÃO

Realização é uma palavra muito importante.

Em essência, mais importante do que o padronizado conceito de sucesso ou da sonhada felicidade, tão presentes no vocabulário das pessoas e na construção do “sonho americano”.

Não há nada mais forçado do que os “padrões” para definir uma pessoa feliz, bem sucedida ou realizada.

A realização é a melhor medida da satisfação ou da insatisfação de uma pessoa com sua vida e seus projetos individuais.

Tirando as condições básicas para uma pessoa viver (saneamento, saúde, alimentação, educação, dignidade), o restante são imposições consumistas e idealistas de uma coletividade perdida, sem rumo e sem identidade.

A FORÇA DO INCONSCIENTE COLETIVO

Essa aceitação de padrões está muito relacionada ao inconsciente coletivo.

Os psicólogos sabem do que falo, pois entendem o conceito de inconsciente coletivo e seu poder de construção ou de “destruição em massa”.

Na prática as pessoas pensam que suas escolhas são livres.

Mas não são.

Sua formação pode contribuir para sua liberdade ou prisão mental.

Formação não é só o que aprendemos na escola.

Considero como formação, todos os estímulos socioculturais e educativos que recebemos desde a infância.

Educação dos pais, escola, televisão, amigos, família, sociedade, experiências, referências.

Na prática é assim a formação.

Esta formação determina quem você é ou será, e especialmente como você pensa, age e agirá.

O PILOTO AUTOMÁTICO DA MENTE HUMANA

Estou cada vez mais convencido de que agimos guiados por nossas crenças e pelos paradigmas que estão profundamente enraizados nos hábitos, valores e no piloto automático da vida humana.

Acredito que as relações de causa e efeito são mais fortes do que podemos imaginar em tudo o que nos cerca.

Há mais explicação para os fatos e para o acaso do que pensamos e aceitamos.

Por isso quero mostrar algumas destas explicações que dificultam ou impedem a realização das pessoas.

Os chamados “ladrões de sonhos e realização”.

Quero deixar claro, o meu cuidado para não ser simplista e nem querer apresentar todos os fatores que impulsionam ou dificultam a realização humana.

Até porque isso seria impossível.

Seria também reducionista, pois cada pessoa tem o seu contexto individual de realização.

Então vou me deter à apresentação de alguns parâmetros que considero universais, e que fazem parte da coletividade.

OS 6 LADRÕES DE SONHOS E REALIZAÇÃO

 

Ladrão 1 – Bloqueio de Talentos:

A formação que começa na infância, ainda é limitada aos padrões de sucesso e felicidade impostos pela sociedade e o modelo do ensino tradicional ainda não comtempla o estímulo de todas as inteligências humanas.

Refiro-me às inteligências múltiplas apresentadas por Howard Gardner.

Na prática isso impede muita gente de descobrir talentos porque o modelo curricular tradicional é limitado.

O ensino que supervaloriza habilidades linguísticas e matemáticas continua no “pedestal”, excluindo habilidades espaciais, musicais, intrapessoais, interpessoais, naturais e corporais/cinestésicas, como descreveu Howard Gardner.

Algumas poucas escolas com uma visão mais construtivista já mudaram isso.

Mas é minoria.

Ladrão 2 – Educação Financeira fraca:

O volume de pessoas que têm acesso à educação financeira aumentou consideravelmente.

Mas ainda é muito pouco.

Pessoas com alta formação desconhecem fundamentos básicos de economia e finanças.

Não se pode negar que a educação financeira faria muita diferença na realização das pessoas, pois permitiria planejar projetos de vida com muito mais tranquilidade, ter outra visão consumo, despesas, dívidas, investimentos, poupança, aposentadoria, qualidade de vida.

Ladrão 3 – “Geração Diploma”:

O foco da escola, em sua maioria continua sendo somente preparar para o vestibular ou para o Enem.

É o produto que elas vendem porque é o produto que os pais compram.

É também outra causa da “geração diploma”.

O culto às profissões de sucesso também é cada vez mais encorajado.

E os jovens embarcam nessa “jangada cheia de furos”.

Afinal, temos que realizar o “sonho-americano” que criaram para todos.

De fato, a educação escolar deveria ser parte de uma formação para a vida.

Tente se lembrar da última vez que você usou polinômios, equação do 2º grau, ou transformou um adjunto adverbial de lugar em um produto?

Acredito a maioria responderá “não lembro”.

Falando de educação financeira, você sabe o que é NTN-B?

Sabe o que são fundos ETF?

Estaria pronto para sair do seu emprego e empreender um negócio seu?

Saberia dizer o que é taxa de carregamento?

Provavelmente, “não” é a resposta da maioria.

Ladrão 4 – Educação Empreendedora limitada:

Se houvesse educação empreendedora, muitas pessoas que desistem de exercer uma profissão que lhes traria realização, saberia como transformar seu talento num negócio.

Até porque talento e visão de negócio são duas coisas diferentes, mas que precisam andar juntas.

Muitas pessoas têm talento, mas não fazem o que sabem e gostam porque os ladrões de sonhos e realização são parceiros invisíveis de suas vidas.

Ladrão 5 – Padrões de sucesso e felicidade:

A sociedade criou vários padrões nos últimos anos.

O de beleza, o de sucesso e o de felicidade.

Principalmente o consumo compulsivo, a obsolescência percebida e a ilusão do “ter” em detrimento do “ser” são os grandes “ladrões de sonhos e de realização”.

Ladrão 6 – “Exaltação do Ego”:

Vem da valorização obsessiva do individualismo, do eu, criando pessoas iludidas com “superpoderes” que jamais possuíram.

É quando “parecer” se torna mais importante do que “ser”.

A tecnologia, a possibilidade de comprar em “trocentas” prestações e as redes sociais utilizadas como um “egobook” são os grandes aliados da construção de mitos do ego.

Enfraquecendo estes ladrões, acredito que as próximas gerações possam se beneficiar mais da era do conhecimento.

A tarefa de multiplicar a realização humana é densa.

Há muito trabalho a fazer.

Em breve vou lançar um livro que vai tratar destas questões.

No final das contas, as pessoas se esquecem de algo muito importante: nossa passagem pelo planeta terra é muito curta para faltar realização.

Seja como for, combater os ladrões de sonhos e realização é possível.

Todos merecem atingir o seu melhor.

Imagem de www.sxc.hu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *